Escolha uma Página

Congelar brócolis e guardá-los no freezer ou geladeira para preparo rápido é a solução perfeita para ter sempre à mesa esse legume saudável e fácil de preparar. Vou te ensinar nesse post como congelar brócolis sem perder a qualidade do alimento.

Brócolis é um alimento extremamento saudável, fonte de vitamina C, rico em cálcio, ferro e outros nutrientes importantes para nossa saúde e a dos nossos filhos. Acho que é o sonho de toda mãe ver seu filho comendo brócolis com gosto, sem reclamar.

Mas a verdade é que é um legume difícil de ter sempre em casa. O brócolis não dura muito tempo. Mesmo na geladeira, ele não vai ficar fresco por muito mais de 1 dia. Vai começar a amarelar e rapidinho você perde metade, ou mais, do maço.

Por isso, essa dica de como congelar brócolis vai te ajudar muito. Com o brócolis congelado armazenado na geladeira, você pode variar o cardápio e usar
aos poucos, de acordo com o gosto da sua família.

 

como-congelar-brocolis

Como congelar brócolis

Como congelar brócolis: Escolhendo o brócolis na feira ou mercado

Não há muito segredo na escolha de um bom maço de brócolis. A cor deve ser totalmente verde. Quando o brócolis começa a amarelar é porque já passou do ponto.

No caso do brócolis comum, as florzinhas do talo se abrem amarelinhas. Isso também é um indício de que o brócolis está passando do ponto ideal de consumo.

O talo do brócolis deve estar firme, e não amolecido.

Como congelar brócolis: Higienizando o brócolis

 

Antes do congelamento, é preciso higienizar o brócolis. Separe e elimine as partes do brócolis que não estão boas para consumo. Corte os ramos da parte boa do brócolis em tamanho médio, para ficar mais fácil de armazenar. Depois, coloque o brócolis numa bacia com água e sal ou um pouquinho de vinagre, para eliminar bichinhos e insetos que possam estar no alimento.

Deixe o brócolis por meia hora nessa mistura salgada.
Depois, escorra e lave bem cada raminho e folhas.

 

Como congelar brócolis do jeito certo

 

Para aproveitar 100% das propriedades do brócolis, você precisa fazer um processo chamado de branqueamento, que nada mais é que um choque térmico no alimento.

O choque térmico é importantíssimo para manter o brócolis perfeito para consumo, mesmo após congelar.

1° Aqueça uma panela com água até o ponto de fervura. Coloque os brócolis já higienizados na panela e deixe ferver por cerca de 1 minuto. O brócolis deve ficar na água fervente durante esse minuto.

2° Depois, escorra e coloque o brócolis imediatamente numa bacia com água gelada e pedras de gelo. Deve haver água suficiente para imersão de todo o brócolis. Já deixe a bacia com água e gelo preparada durante o cozimento do brócolis, porque o choque térmico deve ser imediato.

3° Espere mais 1 minuto e escorra.

Prontinho. O processo de branqueamento está concluído e o brócolis está pronto para ser congelado.

 

 

Como congelar brócolis: Armazenamento e porcionamento

 

Após o choque térmico, coloque os ramos de brócolis sobre um pano de prato e seque bem. Seque o melhor que puder, para evitar criar gelo.

Separe o brócolis em porções do tamanho que você costuma consumir numa refeição. O porcionamento do alimento é importante para evitar sobras desnecessárias. Além disso, após descongelar, o brócolis não poderá ser congelado novamente. Por isso, separe potinhos com quantidades para uma única refeição, e leve ao congelador.

 

Como congelar brócolis: Descongelamento

 

Se você puder se organizar no preparo, o ideal é que você retire o brócolis congelado com antecedência do congelador ou freezer e deixe descongelar.

Ou então, você pode colocar os brócolis congelados no vapor ou na água para cozimento.

Depois, prepare de acordo com a sua preferência.

 

O brócolis congelado perde os nutrientes?

 

É claro que o consumo da hortaliça fresca é muito mais saudável e muito mais recomendado. Mas, no meio da correria do dia-a-dia, nem sempre temos tempo de nos dedicar ao preparo da refeição. Nessa hora, ter o brócolis congelado no freezer ou congelador, pronto para uso, é tudo que a gente precisa.

Por isso, eu sempre pergunto:
Se você não quer o brócolis congelado, você vai ter tempo de prepará-lo fresco no seu dia? Porque se você tiver que escolher entre comer o brócolis congelado e não comer o brócolis, não hesite em escolher a opção congelada.

Manter um mix de legumes e hortaliças congeladas no seu freezer ou congelador é perfeito para variedade e qualidade nas refeições da sua família, sem perder a praticidade.

 

Receitas para brócolis congelado

 

Depois de descongelado, o brócolis pode ser utilizado em saladas, ensopados ou refogados, por exemplo. Vou deixar aqui 2 receitas para fazer com o brócolis congelado que são muito saborosas, práticas e super rápidas de preparar.

Brócolis refogado com alho

Numa panela, coloque um fio de azeite e uma medida de manteiga com ervas. Pique um dente de alho em pedacinhos bem pequenos e frite na manteiga. Acrescente o brócolis e deixe refogar por 3 a 4 minutos. Tempere com sal e pimenta.

 

Brócolis no micro-ondas

Coloque alguns pedaços de brócolis dentro de um saco plástico (a abertura do saco deve estar dobrada embaixo dos vegetais) e ligue o micro-ondas por 5 minutos. Ela ficará pronta para consumo. Depois tempere de acordo com a sua preferência.

 

Duas maneiras fáceis de cozinhar o brócolis congelado

Também vou deixar aqui esse vídeo do canal Gourmet a Dois, que ensina 2 receitas muuuiiiito rápidas e fáceis de preparo do brócolis congelado. Bom apetite!

 

 

Quer mais praticidade no preparo das refeições?

 

Conheça o curso Cozinha & Liberdade e diminua em até 85% o tempo que você leva para preparar as refeições do dia-a-dia!

Aprenda mais receitas e dicas práticas e rápidas como essas, e ainda uma variedade de opções para aproveitar ao máximo os ingredientes que você tem em casa.

almoco-rapido-cozinha-e-liberdade

No Cozinha & Liberdade você irá aprender:

– Como aproveitar melhor os legumes e vegetais comprados na feira. Armazenamento, porcionamento e aproveitamento de sobras.
– ACELERADORES que dão rapidez e sabor para a cozinha do seu dia a dia. Manteiga de ervas, pasta de alho, azeite aromatizado e tomate assado.
– Ingredientes BASE. Frango, carne moída crua e refogada, legumes e molho de tomate. Como tratar esses ingredientes de forma a concentrar todo o “trabalho pesado” num único dia.
– PRÉ-PREPAROS. Como preparar muitas refeições em apenas um único dia. Qual o ponto na receita para levar ao congelamento. Muitos truques e dicas para esse ponto chave.
– FINALIZAÇÕES. Como preparar refeições frescas com menos de 15 minutos utilizando os pré-preparos e os aceleradores.

Você ainda vai aprender:

– Como aproveitar os ingredientes base em diversas receitas diferentes deixando as refeições cotidianas mais criativas e variadas.
– Como aproveitar os alimentos de época e as ofertas ocasionais preparando os ingredientes com receitas variadas, gerando economia sem prejudicar o sabor.
– Como evitar desperdício de ingredientes fazendo o máximo aproveitamento das sobras.

Acesse aqui para mais informações e comece a mudar sua rotina hoje mesmo.