Escolha uma Página

Uma coisa que sempre me perguntam é como fazer molho de tomate caseiro. Essa receita é um curinga na cozinha, porque vai bem com quase todas as massas apreciadas pelos brasileiros.

Macarronada, polenta, conglione, panquecas, lasanhas, o que tem em comum em todos esses pratos? Molho de tomate!

 

Por que evitar o molho de tomate industrializado

 

Recentemente houve uma polêmica nacional envolvendo o molho de tomate industrializado, quando a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) retirou do mercado lotes de 5 marcas famosas de extrato e molho de tomate. O motivo? Pelo de roedor em quantidade acima do permitido.

Por mais absurdo que isso possa parecer, existe um limite de tolerância para pelo de rato nos molhos de tomate. Então, minha cara leitora, sim, você e sua família podem estar comendo pelo de rato no seu molho de tomate!

Fonte: https://veja.abril.com.br/saude/o-misterio-do-pelo-de-rato-no-tomate/

Quem cozinha em casa acaba apelando para os molhos industrializados por causa da praticidade. Afinal é abrir uma lata ou pacotinho e despejar na panela.

Eu não sou a pessoa que irá te culpar por optar por um molho industrializado, eu sei como a vida é corrida. Mas quero mostrar como com o método Cozinha & Liberdade você não vai perder tempo fazendo diariamente o molho de tomate caseiro. Não mesmo! Na verdade vai ganhar mais tempo, sabor e qualidade na sua refeição.

 

Posso congelar molho de tomate caseiro?

 

A receita de molho de tomate caseiro é muito fácil e rápida de preparar. Eu recomendo, seguindo o método Cozinha & Liberdade, que você se organize para fazer a receita com uma grande quantidade de tomates. Assim, você pode congelar seu molho de tomate caseiro e utilizar por muito tempo. 100% seguro e livre de sujeiras e impurezas.

Minha dica é: Siga a proporção da receita abaixo e faça na quantidade que quiser. Congele em porções que sirvam sua família.

 

Receita de Molho de Tomate Caseiro

 

Na época da denúncia sobre as impurezas no molho de tomate, eu participei de uma reportagem da RIC TV sobre esse assunto. Assista abaixo o vídeo sobre a polêmica e veja como eu ensino o preparo do molho de tomate caseiro.

 

Se esse vídeo te fez pensar em fazer o molho de tomate caseiro, não perca tempo. Anote a receita.

Eu vou te ensinar 2 versões de molho de tomate caseiro – o molho de tomate cru e o molho de tomate cozido.

O molho de tomate cru vai bem com pizzas, brusquetas. Não deve ser congelado.
Já o molho de tomate cozido é a base para qualquer outro molho que você for preparar. E pode compor qualquer receita que pede o molho de tomate. Pode ser congelado e dura até 3 meses no freezer.

 

Molho de Tomate Cru

 

Ingredientes:

6 tomates grandes maduros.

1 cebola média.

2 dentes alho.

4 folhas manjericão.

1 col. Sopa de mostarda em grãos.

½ xic azeite de oliva.

1 col. sobremesa de sal.

1 col. chá de pimenta reino.

1 col. sopa de lemmon pepper.

2 col. Sopa de chimmi churri.

 

Modo de fazer

Colocar todos os ingredientes no liquidificador e processar. Se necessário, colocar água somente o suficiente para bater.

Armazenagem

Guarde o molho de tomate cru em pote hermético, com óleo por cima. Pode ficar na geladeira por até 2 semanas. Tenha cuidado ao manipular, usando utensílios sempre limpos para evitar contaminação. Não congelar essa etapa.

Faça o que eu faço

Por trabalhar com ingredientes naturais, muitas vezes a cor final não é vermelha e sim laranja ou rosa. Isso pode causar estranheza. Misture uma lata de tomates pelados quando bater no liquidificador, isso vai restabelecer a cor, sem o gosto artificial dos molhos prontos ou extratos.

 

Molho de tomate cozido

 

Ingredientes:

1 litro de MOLHO DE TOMATE CRU.

4 col. sopa de MANTEIGA DE ERVAS.

2 col. sopa de PASTA DE ALHO.

1 cebola média picada bem fina.

Folhas de manjericão.

 

Modo de preparo

Refogar a cebola na manteiga de ervas (cuidado para não queimar a manteiga, acrescente um fio de óleo se necessário para estabilizar a temperatura). Quando a cebola estiver dourada, acrescente o alho. Deixe fritar, coloque as folhas de manjericão e despeje o molho de tomate cru.

Deixe ferver em fogo baixo por no mínimo 40 minutos. Quanto mais tempo melhor, se necessário coloque um pouco de água para não queimar.

Após esse tempo prove o molho, é possível que esteja ácido (super normal quando se utiliza só tomates de verdade no molho). Caso realmente esteja, coloque uma colher de sobremesa de açúcar no molho, deixe ferver e acerte o sal.

Armazenagem

Em potes plásticos de diferentes tamanhos, podem ser congelados por até 3 meses. Em geladeira fica por 5 dias. Descongelar somente o que for utilizar. Após descongelado, manter na geladeira por 2 dias.

Faça o que eu faço

O molho irá espumar um pouco. Utilizando uma escumadeira, retire e despreze essa espuma, são impurezas dos ingredientes.

 

Quer mais praticidade no preparo das refeições?

 

Conheça o curso Cozinha & Liberdade e diminua em até 85% o tempo que você leva para preparar as refeições do dia-a-dia!

Aprenda mais receitas e dicas práticas e rápidas como essas, e ainda uma variedade de opções para aproveitar ao máximo os ingredientes que você tem em casa.

almoco-rapido-cozinha-e-liberdade

No Cozinha & Liberdade você irá aprender:

– Como aproveitar melhor os legumes e vegetais comprados na feira. Armazenamento, porcionamento e aproveitamento de sobras.
ACELERADORES que dão rapidez e sabor para a cozinha do seu dia a dia. Manteiga de ervas, pasta de alho, azeite aromatizado e tomate assado.
– Ingredientes BASE. Frango, carne moída crua e refogada, legumes e molho de tomate. Como tratar esses ingredientes de forma a concentrar todo o “trabalho pesado” num único dia.
PRÉ-PREPAROS. Como preparar muitas refeições em apenas um único dia. Qual o ponto na receita para levar ao congelamento. Muitos truques e dicas para esse ponto chave.
FINALIZAÇÕES. Como preparar refeições frescas com menos de 15 minutos utilizando os pré-preparos e os aceleradores.

Você ainda vai aprender:

– Como aproveitar os ingredientes base em diversas receitas diferentes deixando as refeições cotidianas mais criativas e variadas.
– Como aproveitar os alimentos de época e as ofertas ocasionais preparando os ingredientes com receitas variadas, gerando economia sem prejudicar o sabor.
– Como evitar desperdício de ingredientes fazendo o máximo aproveitamento das sobras.

Acesse aqui para mais informações e comece a mudar sua rotina hoje mesmo.